Skip to content

Cerca Viva Murta: Como Plantar, Preço, Espaçamento

Saiba tudo sobre cerca viva murta através deste artigo. Veja como plantar, o preço, sobre espaçamento, tipos de cerca viva com espinhos, quanto tempo demora para crescer e muito mais.

A cerca viva Murta é uma espécie de cerca viva de muito destaque, principalmente em projetos paisagísticos. As cercas vivas existem de diversos tipos e normalmente elas são usadas como substituição de muros, pois delimitam espaços trazendo segurança e ainda deixam o ambiente mais bonito.

Cerca Viva Murta (murta-de-cheiro)

Existem diversos tipos de cerca viva, sendo a murta conhecida popularmente como murta de cheiro uma das que mais fazem sucesso em projetos paisagísticos. Isso porque essa planta tem um visual diferenciado, sendo capaz de deixar qualquer ambiente com uma paisagem bonita e única.

A murta é conhecida como murta de cheiro pois suas flores são muito perfumadas. E, a principal característica dessa planta é que ela forma arbustos densos, com uma altura que pode atingir até 9 metros, criando um aspecto natural e muito bonito em qualquer ambiente.

A murta tem o nome botânico de Murraya Paniculata e é uma planta que tem uma manutenção fácil e pode florescer até três vezes ao ano. Ela pode ser plantada no jardim ou em vaso e pode ser cultivada em todo o país. Uma característica dessa planta é que as suas flores são pequenas, de cor creme quase branco e muito perfumadas, em inflorescência densa na ponta dos ramos.

O cheiro das flores da Murta parece muito às da laranjeira que, inclusive, são da mesma família botânica. O fruto produzido pela Murta é do tipo baga, de cor vermelha e que atrai muito os pássaros. A Murta é uma das espécies de cerca viva mais belas que existe.

Como plantar a Cerca Viva Murta

Para plantar a cerca viva Murta primeiro é preciso ter em mente que o local ideal para cultivo dessa planta é um lugar que pega muito sol e, o solo não pode ter encharcamento e precisa ser um pouco ácido. Para cultivar essa planta é preciso delinear antes onde ela ficará, abrindo um canteiro de no mínimo 50 cm de largura e uns 40 cm de profundidade.

É importante misturar o composto orgânico muito bem, a quantidade que for preciso, cerca de 150 g de fosfato natural de rochas ou farinha de ossos calcinada e 200 g de adubo granulado NPK por muda. O espaçamento ideal para cerca viva Murta é de 1,0 m entre mudas com tamanho de 1,0 m de altura.

Além disso, é essencial abrir um buraco maior que o torrão, reservando a terra superficial que deve entrar na mistura de plantio. No fundo do buraco é preciso colocar parte da mistura, adicionar o torrão no meio e preencher os lados com a mistura. A terra do fundo do buraco pode ir por cima ou ainda pode ser usada para outros plantios e até preenchimento de canteiros.

É preciso apertar bem o solo ao redor, para fixar melhor a muda. Após o plantio é necessário regar e, saiba que nos dias que não tiver chuvas, é importante regar todos os dias, depois pode fazer regas espaçadas, já que a murta gosta mais de solo seco.

VEJA TAMBÉM: Como cuidar de Samambaia em ap

Cerca Viva Murta

Preço

O preço da Murta varia muito, pois depende de diversos fatores. Mas, saiba que o preço de um pacote com dez sementes de Murta de cheiro é em média R$5,00. Porém, esse valor varia, mas normalmente é bem em conta mesmo, não chega a ser caro e é possível encontrar até mais barato que o preço citado.

Espaçamento

O espaçamento para cerca viva Murta deve ser de 1 metro entre as mudas. Por isso, para não ter erro é recomendado utilizar estaca para marcar o lugar da planta. É importante que a Murta tenha esse espaçamento para crescer de forma saudável e não ter nenhum problema.

Tipos de cerca viva com espinhos

Nem sempre muros são a solução para os fechamentos, por isso existem as cerca vivas, para separar ambientes, dar privacidade e segurança e ainda valorizar o local. Normalmente, a maioria das espécies de cerca vivas possuem manutenção simples e crescem rápido e logo abaixo vamos mostrar alguns tipos de cerca viva com espinhos:

  • Amor-agarradinho: Essa planta é nativa do México e dá lindas flores, que alimenta insetos como abelhas e fica ótima como cobertura de muros e telhados. O crescimento dessa cerca viva é moderado e o visual é muito ramificado, o interessante é que as folhas dessa planta possuem formato de coração.
  • Tumbérgia-arbustiva: Esse é um arbusto bem florífero, de porte médio que pode alcançar 2,5 metros de altura. Essa planta é muito fácil de ser cultivada e se adapta em uma faixa ampla de clima, porém prefere os climas subtropical e tropical. Essa planta é muito versátil e pode ser encaixada em vários tipos de jardins, inclusive uma das suas maiores características são suas flores roxas muito bonitas.
  • Laurotino: O Laurotino é um arbusto florífero e lenhoso muito usado como cerca viva. Ele é muito ramificado e pode chegar a 3 metros de altura quando cultivado de forma isolada. Já em conjunto o crescimento dessa planta é mais compacto. O Laurotino deve ser cultivado no sol, mas em regiões de clima ameno.
  • Camélia: A Camélia é identificada como uma árvore, porém também assumi a função de arbusto e promove um excelente fechamento. A Camélia tem o nome científico de Camellia L. e pertence à família Theaceae. Essa planta apresenta uma flor muito bela que inclusive é muito usada em decorações.

Cerca Viva Murta quanto tempo para crescer?

Normalmente a cerca viva demora alguns meses para crescer por completo. Por isso, até a parede ficar formada é preciso ter muita paciência e cuidar dessa planta direito para que ela cresça saudável e com um aspecto bonito. Mas, saiba que vale a pena aguardar os meses até ela crescer, até porque a Murta é considerada uma das melhores plantas para cerca viva.

Agora que você sabe tudo sobre a Murta, aproveite para plantar essa cerca viva e siga as dicas que mostramos de cuidados, para que assim ela cresça da melhor forma possível.