Skip to content

Como Converter Miliamperes em Amperes (Passo a Passo)

Descubra como converter Miliamperes em Amperes, vamos mostrar todo o passo a passo neste artigo. Além disso, aqui você confere quanto vale 1 miliamperes, sobre conversão em unidades e muito mais.

Um miliampere é uma unidade menor do que um ampere, que é utilizado para medir a quantidade de fluxo de corrente elétrica em um determinado momento.

Como Converter Miliamperes em Amperes

É essencial entender a relação entre um miliamperes e um ampere, já que isso auxilia a perceber a quantidade que irá medir. Compreender esse conceito é bem simples, assim como fazer a sua conversão. Confira agora o passo a passo de como converter miliamperes em amperes:

  • Para começar, para converter miliamperes em amperes é preciso saber a equivalência entre essas duas magnitudes, que são: 1 ampere = 1000 miliamperes e 1 miliampere = 0’001 amperes.
  • Supondo que você deseja converter 300 miliamperes em amperes, sendo assim é preciso fazer uma regra de três básica;
  • Se 1 miliampere são 0’001, então é preciso encontrar o valor equivalente a 300 miliamperes que no caso vamos chamar de x;
  • Depois, é preciso resolver a regra de três simples como se faz normalmente, multiplicando cruzado e dividindo pelo valor restante para isolar o x;
  • No caso, vamos multiplicar os 300 miliamperes por 0’001 amperes e dividir depois por 1 miliampere;
  • Ao fazer as operações citadas, você vai obter a equivalência em amperes do valor que incialmente estava em miliamperes;
  • Com isso, é possível afirmar que 300 miliamperes é igual a 0’3 amperes.

Quanto vale 1 miliampere

Essa é uma dúvida muito frequente, mas saiba que agora você não vai ter mais essa dúvida, pois 1 miliampere (mA) = 0,001 ampere (A).

500 miliamperes equivale a quantos amperes

500 miliamperes equivale a 0,5 amperes.

Conversão de unidades

Conversão de unidades é um processo essencial e muito aplicado na resolução de problemas do cotidiano e na solução de vários exercícios de física. A conversão de unidades na física por exemplo, permite transformar as formas de representação de uma grandeza variando dependendo da necessidade. Para isso, é preciso conhecer as unidades estabelecidas pelo sistema internacional de unidades (SI) para cada tipo de grandeza física.

Normalmente, ao resolver algum exercício é preciso fazer algumas conversões para que as unidades desejadas sejam compatíveis entre si. Dessa maneira, conhecer as regras de conversão entre unidades é muito importante para conseguir resolver corretamente os exercícios.

VEJA TAMBÉM: Perguntas para torta na cara

Como Converter Miliamperes em Amperes

Sobre miliamperes e amperes

Unidade de medida da intensidade da corrente elétrica, simbolizado por mA ou Miliampere, é equivalente a um milésimo de ampere. O ampere é representado pelo símbolo A e é a unidade de medida da corrente elétrica no Sistema Internacional de Unidades.

Corrente elétrica é um movimento ordenado de cargas elétricas que fica dentro de um fio de metal. É parecido com uma corrente de água dentro de uma mangueira. A corrente elétrica é medida em Ampere abreviada por A. Um milimpere é igual a um ampere dividido por 1000 abreviado por mA.

A corrente que passa num fio elétrico é medida em ampere. Dessa forma, quanto mais amperes, maior vai ser a carga elétrica que passa no fio. Portanto, uma corrente elétrica é um fluxo ordenado de partículas carregadas, que são partículas que tem carga elétrica.

Em um condutor de eletricidade, como um fio de cobre por exemplo, a corrente elétrica é formada por partículas muito pequenas dotadas de carga elétrica negativa, que são chamadas de elétrons. Os elétrons são os portadores da carga elétrica.

No fio de cobre ou de outro metal qualquer, os elétrons possui um movimento desordenado, ou seja, tem sentidos de movimentos aleatórios, até que, por alguma ordem externa alguns deles passam a caminhar de forma ordenada, no mesmo sentido constituindo a corrente elétrica.

A intensidade dessa corrente elétrica vai variar dependendo de quantos desses portadores em movimento bem organizado passam, por segundo, por um lugar desse fio. A corrente elétrica, em um circuito é representada pela letra I e sua intensidade pode ser expressa em amperes (simbolizada por A), em miliamperes (simbolizada por mA) ou outros submúltiplos assim como o microamperes (símbolo μA).

Então, a intensidade de corrente elétrica pode ser definida como sendo a quantidade de cargas elétricas, que sendo assim atravessa a seção de um condutor em um segundo.

Para que serve

De acordo com o Sistema Internacional de Unidades, o ampere é a unidade de medida da corrente elétrica. Ele representa a capacidade que a bateria possui de armazenar a distribuir energia em descarga para o sistema elétrico a cada hora, como para o sistema elétrico do veículo por exemplo.

Agora, a quantidade de miliampere-hora serve para indicar a capacidade de armazenamento da bateria e não o seu tempo de duração. Portanto, quando se compra um aparelho por exemplo, analisar só o mAH pode não ser tão útil, o mais importante é a relação entre a capacidade da bateria mAH e o consumo real do telefone.

A cada dia que passa os equipamentos eletrônicos saem das fábricas com mais tecnologias e com novas funções. O avanço tecnológico promove muitas melhorias no cotidiano das pessoas, mas por outro lado acaba diminuindo e afetando a autonomia das baterias, o que pode ser observado principalmente em tablets e smartphones.

Dessa forma, as fontes de energia dos aparelhos precisam ter mais potencial energético a cada nova geração lançada. O indicador principal disso é o aumento da sua amperagem, o qual é dado pela notação mAH, como pode ser observado nas especificações de qualquer dispositivo eletrônico.

O mAH é a abreviatura utilizada para definir miliampere-hora, que é uma subunidade de medida usada para indicar a transferência de carga elétrica através de uma corrente estável de um ampere ao longo de uma hora.